Maikel Rosa

Nascido em 1982, na cidade de Novo Hamburgo, Maikel Rosa vive hoje em Porto Alegre. Ainda criança teve algumas de suas poesias publicadas no jornal de Tramandaí, onde viveu até os 17 anos, e aos 24 publicou seu primeiro livro. Em 2019 se encontrou como escritor na ficção científica, incorporando também o suspense para abordar questões sociais e dilemas sobre a consciência. Designer de profissão e pai de pets, ama maracujá, café e alguns seres humanos.

Títulos do autor

E se Deus estivesse entre nós... mas não do jeito que imaginamos?

Uma psiquiatra é chamada às pressas para atender uma jovem que se recusa a dormir, alegando que sua inconsciência desencadeará uma enorme catástrofe para a humanidade.

A sentença já foi dada: resta saber se por uma alucinação ou por uma entidade capaz de controlar o destino de todos.

Há dramas que sempre se repetem - mesmo camuflados em novos cenários.

Em 3056, um androide metamorfo faz um trabalho peculiar: assumir a forma de pessoas mortas para aliviar a saudade dos que ficaram. Neste futuro sombrio, onde sua classe é relegada a condições de extrema penúria, Leon encontra equilíbrio e alguém com quem se importar. Mas será isso o suficiente para torná-lo mais do que um simples "robô"?

Como seria uma sociedade tecnoutópica do século XXVII, reconstruída após eventos apocalípticos que reduziram drasticamente a população mundial? Após um surto de amnésia, um jovem luta pra buscar as respostas por trás de um mundo aparentemente perfeito, onde a humanidade conseguiu erradicar a fome, a violência e quase todas as doenças, mas não as falhas da sua própria natureza.

Colmeia de vidro é um thriller tecnológico de ficção científica, mas também uma história sobre liberdade, imortalidade e o perigo por trás dos das heranças ideológicas.

Juarez está muito longe de casa, mas ele não é o único. Abandonado em uma paisagem nada familiar, ele começa a ver seus companheiros de jornada caírem um a um, acometidos de uma misteriosa doença que os faz sangrarem até a morte ou os transforma em animais sem vontade própria. Desesperado, ele não tem muita escolha: ou se junta ao rebanho ou encontra um meio de voltar pra casa. Mas o que ele encontrará se conseguir chegar lá?

Uma nova raça de seres humanos? Um gene mutante capaz de mudar a forma como encaramos a vida e a morte? Um rastro de assassinatos em nome de uma promessa de transformar a humanidade?

Estas são questões centrais neste suspense cheio de tensão e mistério, mas quando Lauren desperta de um coma do outro lado do oceano, após uma inocente doação de sangue, sua única pergunta urgente é: ONDE ESTÁ MEU CORPO? Para responder a isso, ela precisa descobrir em quem confiar, quais os objetivos de uma corporação científica bilionária chamada Indigo e, principalmente, quem será SEU PRÓXIMO HOSPEDEIRO.